|

segunda-feira, agosto 29, 2005

Agosto está chegando ao fim!!!

Finalmente este mês e tudo o que ele representa está a chegar ao fim, ou seja, vai acabar o excesso de pessoas, longas filas de trânsito, o calor excessivo (esperamos) e as manobras malucas nas estradas. Por falar nisso e referindo-me ao último comentário que fiz em relação ao mês de Agosto, onde referi que o pessoal não respeitava o sinal de prioridade à entrada das rotundas e por ventura quem lá estivesse que tivesse cuidado, pois eu acabei por sofrer as consequências duma situação dessas. Ia eu a contornar a rotunda junto às piscinas de Alvor preparando-me para sair em direcção ao parque que se situa ai, quando um carro vindo do lado da ria de Alvor veio embaterem cheio no automovel, dando cabo da porta do lado direito.
Ai foi a minha sorte, porque os danos acabaram por não ser maiores que o valor comercial do meu carro., porque se tal tivesse acontecido, a seguradora daria o valor do carro e eu que me desenrascasse com o resto.

Conclusão; uma pessoa pode ir muito descansadinho na estrada e se por azar alguém for embater no nosso carro, destruindo-o por completo, se for um carro velhinho, tamos tramados e ficamos sem nada e somos obrigados a comprar um novo, ou em segunda mão, o que pode não possivel para as condições financeiras da pessoa que sofreu o acidente. Ou seja andamos a pagar seguro todos os anos para eventualmente um dia ficarmos sem nada. Isto tudo porque alguém que não conhecemos de lado nenhum teve a infeliz ideia de vir embater no nosso carro!!!

|

segunda-feira, agosto 15, 2005

A "Marianne" algarvia



Raquel Loureiro (natural de Tavira)

|

segunda-feira, agosto 08, 2005

o Inferno do mês de Agosto

Pois é, estamos em Agosto, e tudo o que há-de pior nele, voltou para ensombrar o Algarve: Excesso de calor, excesso de pessoas, filas de trânsito, conduções completamente suicidas, praias sobrelotadas.

Por exemplo vou dar uma dica de cenas malucas de trânsito a que assisti ainda hoje e ontem.

Hoje ia na estrada a conduzir, quando de repente vejo parado no meio dum cruzamento, um carro com os 4 piscas ligados. Pensei se calhar acabou de avariar e está ali parado porque não consegue avançar. Errado. Completamente errado. o carro estava parado e o condutor tinha saido do carro para vêr as várias placas de sinalização de localidades para seguir o seu caminho. Enquanto isto decorria iam vários carros se acumulando atrás à espera que ele avançasse. Espectáculo. Se fosse na terra deles e se fossemos nós a fazer o mesmo, eramos quase que fuzilados.

Ontem também percebi que as rotundas no Algarve não são para se respeitar. Ou seja quem entra na rotunda é que tem prioridade e ai de quem já lá esteja, ou para ou tem alto acidente.

Isto são apenas 2 pequenos acontecimentos dos vários que de certeza ocorrem em toda a nossa região neste mês infernal.

|

o Inferno do mes de Agosto

|

segunda-feira, agosto 01, 2005

Acabou-se o sonho

Lá estava eu a ver o jogo Sporting-Midlesbrough, à espera que alguem me telefonasse a dizer que os números que tinham saido no Euromilhões correspondiam a uma das minhas chaves com que apostei. Mas nada, o tempo foi passando e apenas consegui saber que tinham saido o 49 e o 50. Acabou-se o sonho, tinha ambos os números, mas em chaves diferentes. ao fim da noite, tipo 5 da manhã finalmente soube a chave completa e que o prémio tinha saido a alguém na Irlanda. Eu apenas fiz 2 x o último prémio.

Assim já sabia que o sonho de uma vida diferente, sem ter que me preocupar com o dia a dia de casa- trabalho, trabalho-casa, estava terminado.

Calculo que esta sensação tenha percorrido na maioria dos portugueses que jogaram no Euromilhões esta semana, provavelmente a horas diferentes, consoante iam descobrindo que não tinham tido a sorte que desejavam.

Mas uma coisa posso dizer, posso não ter ganho mas posso continuar a sonhar que um dia irei ganhar, e sonhar com tudo o que poderei fazer se isso acontecer.